• +55 41 98848 1743
  • oscar.okayama@hotmail.com

Category ArchiveSem categoria

Scrum – Estilo de vida

As empresas cobram cada vez mais por velocidade na entrega, a equipe performática que deve seguir uma metodologia ágil.

E sempre alguém fala em “Scrum“.

As pessoas começam a estudar o Scrum, contratam especialistas, mas não conseguem melhorar o desempenho da equipe por muito tempo, no ínicio parece que as pessoas ficam motivadas por serem algo novo, mas o ciclo recomeça e parece que todo o investimento no Scrum foi desnecessário.

 

A questão é simples:

Não veja o scrum como ferramenta de trabalho, e sim, veja o scrum como um “Estilo de vida”.

 

Esse é um resumo do livro: “Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo”, que devemos treinar todo dia:

 

Hesitação significa morte. Observar, Orientar, Decidir, Agir. Saiba onde você está, avalie suas alternativas, tome uma decisão e aja!

Olhe para fora para obter respostas. Sistemas adaptativos complexos seguem algumas regras simples, que são captadas do ambiente.

Equipes excelentes são. Elas são multifuncionais, autônomas e capacitadas, com um propósito transcendente.

Não adivinhe. Planeje, faça, verifique, aja. Planeje o que você vai fazer. Faça. Verifique se o produto alcançou o resultado desejado. Aja em relação a isso e mude a forma como está fazendo as coisas. Repita o processo em ciclos regulares e, dessa forma, alcance um aperfeiçoamento contínuo.

Shu Ha Ri. Primeiro, aprenda as regras e as formas. Quando tiver domínio delas, inove. Por fim, em um estado elevado de mestria, descarte as formas e apenas seja – com todo o conhecimento internalizado e as decisões tomadas quase inconscientemente.

 

Sutherland, Jeff. Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo (Locais do Kindle 662-671). Leya Brasil. Edição do Kindle.